Uma vez mais a CDU de Arouca comemorou essa efeméride intemporal que é o 25 de Abril. Desta feita e como vem sendo hábito, também com um jantar, servido num restaurante em Provizende, Rôssas, em que participaram cerca de meia centena de pessoas, entre militantes, apoiantes e simpatizantes.

Por ser uma data carregada de significado e por, este ano, o povo português ser chamado a participar em dois actos eleitorais de extrema importância, as eleições para o Parlamento Europeu, em maio e para a Assembleia da República, em outubro, ambos os actos foram recordados, no final, em duas breves intervenções. A primeira, da autoria de Tadeu Saavedra que também recordou o que era o país há 45 anos, quando cá chegou, retornado de Angola. A segunda, proferida pelo candidato ao Parlamento Europeu, Francisco Gonçalves que fez questão, uma vez mais, de recordar as conquistas e os progressos que Abril possibilitou, frisando, todavia, que para que esses avanços não se esfumem, mais do que comemorar o 25 de Abril, é preciso praticá-lo todos os dias.

Arouca, 3 de Maio