Este slideshow necessita de JavaScript.

Foram muitas as dezenas de milhar de pessoas que participaram na Manifestação Nacional da CGTP-IN, naquela que foi a maior manifestação dos últimos anos.

A concentração junto à Praça do Campo Pequeno arrancou por volta da 15h30 rumo ao Marquês de Pombal, num desfile que durou mais de duas horas a chegar ao fim e que preencheu a Av. da República e a Av. Fontes Pereira de Melo.

Numa clara demonstração de força e unidade, foi sob o lema “Lutar Pelos Direitos, Valorizar Os Trabalhadores!”, que dezenas de milhar de pessoas vindas de vários pontos do país exigiram, de entre outras reivindicações, o fim da precariedade, o aumento geral dos salários e do salário mínimo nacional para 650 euros e o direito à contratação colectiva com direitos.

Hoje, os trabalhadores saíram à rua e rejeitaram claramente as propostas do Governo, afirmando a necessidade urgente de uma política que valorize o trabalho e os trabalhadores.

No final do desfile a CGTP-IN anunciou, através do seu Secretário-geral, a realização de uma concentração para o dia 6 de julho, em frente à Assembleia da República, “contra as medidas gravosas da revisão da legislação laboral apresentadas pelo Governo”.