Etiquetas

Cara(o) Arouquense,

No próximo dia 1 de Outubro realizam-se as Eleições Autárquicas. Nesse dia, não vai apenas ser eleito o presidente da Câmara Municipal de Arouca para 2017/2021, mas sim 7 vereadores, 21 deputados municipais e 134 membros das Assembleias de Freguesia, os quais, por sua vez, terão que encontrar os 48 elementos que vão integrar as Juntas de Freguesia.

São, portanto, 210 autarcas a eleger. Ao reduzir as eleições autárquicas à escolha do Presidente da Câmara tenta-se garantir que apenas candidatos do PS e da coligação PSD/CDS serão eleitos. Quem tem acompanhado o funcionamento dos órgãos autárquicos constata que a diversidade (e um maior peso à esquerda do PS) faria bem aos órgãos autárquicos arouquenses, tal como tem feito bem ao país.

Apesar de todas as insuficiências, algumas das boas medidas que a solução de governo nacional proporcionou, por exemplo a consolidação do aumento de seis e dez euros nas pensões mais baixas e o alargamento da gratuitidade dos manuais escolares a todos os alunos do primeiro ciclo, só foram possíveis graças ao contributo dos partidos que constituem a CDU.

Um eleito da CDU (na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal ou numa Assembleia de Freguesia) não passaria quatro anos quedo e mudo, sem fazer perguntas, sem apontar problemas, sem apresentar propostas. Daria o seu contributo, fiscalizando a acção executiva e propondo soluções para os problemas da nossa terra.

.

A 1 de Outubro vote CDU para a Câmara Municipal, para a Assembleia Municipal e para as Assembleias de Freguesia.

.

.